Com gol de Ricardo Goulart, Bahia vence o Jacuipense

Com seis pontos, a equipe treinada pelo técnico Renato Paiva volta a jogar na próxima quarta-feira (18), às 21h30, contra o Atlético de Alagoinhas na Arena Fonte Nova.

O JOGO

A equipe tricolor começou buscando o ataque e trocando passes. Aos quatro minutos, Matheus Bahia cruzou e Jacaré pegou mal na bola. Na sequência, foi a vez do Jacuipense causar perigo aos 13, com cabeçada do atacante Jeam.

Aos 33 minutos, o Esquadrão quase balançou a rede. Na jogada, Matheus Bahia cruzou e Daniel finalizou na rede do lado de fora. Três minutos depois, Borel cruzou, Biel cabeceou e o goleiro Jean fez a defesa.

Jacaré acerta o travessão

Aos 46 minutos, o Esquadrão ficou no quase. Em cobrança de falta, Vitor Jacaré acertou o travessão.

Segundo tempo

Na segunda etapa, o jogo ficou truncado e com pouca criatividade. O destaque foi para as faltas, que se somaram dos dois lados. Aos 16 minutos, o Jacuipense assustou com Jeam, que recebeu bola em profundidade de Welder e acabou impedido por Marcos Felipe.

Aos 32, o Jacuipense ficou muito perto de abrir o placar. Na jogada, Fábio Bahia roubou a bola na saída de bola do Tricolor e tocou em profundidade para Welder, que pegou mal na bola e viu ela subir.

Com 36, foi a vez do Tricolor tentar com Rezende, que se aproximou da grande área e finalizou ao lado da meta defendida pelo goleiro Jean.

De cabeça, Ricardo Goulart abre o marcador

O Esquadrão de Aço balançou a rede aos 37 minutos com Ricardo Goulart. Na jogada, Biel cobrou escanteio e o camisa 16 se posicionou bem para cabecear e fazer a festa da torcida.

Quatro minutos depois, Ricardo Goulart teve outra oportunidade após cruzamento na área, mas dessa vez a cabeçada foi facilmente defendida por Jean.

FICHA TÉCNICA
Jacuipense x Bahia
Campeonato Baiano – 2ª rodada

Local: Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe
Data: 15/01/2023 (domingo);
Horário: 18h30;
Árbitro: Ricarle Gustavo Gonçalves Batista
Assistentes:  Luanderson Lima dos Santos e Ledes José Coutinho Neto
Quarto árbitro: Florismar Costa de Jesus

Cartões amarelos: Kanu (Jacuipense) /

Jacuipense: Jean, Raphinha, Kanu, Weverton e Radar; Fábio Bahia, Fábio Matos (Eric), Joilson (Flávio) e Welder; William (Jadiel) e Jeam. Técnico: Jonilson Veloso.

Bahia: Marcos Felipe, Borel, Kanu, Raul Gustavo e Matheus Bahia (Ryan); Rezende, Mugni (Acevedo) e Daniel (Ricardo Goulart); Biel, Jacaré (Caio Vidal) e Everaldo (Miqueias) Técnico: Renato Paiva.

Fonte – Bahia Notícias

Deixe uma resposta