PREFEITO BEBETO VISITA OBRAS DA NOVA BA-658 E PONTE SOBRE O RIO JEQUITINHONHA

Na tarde desta terça-feira (10), o prefeito de Belmonte, Carlos Alberto Rezende Gama, visitou as obras da construção da rodovia BA-658, que ligará as estradas estaduais BA-275 e BA-982 e inclui uma nova ponte sobre o Rio Jequitinhonha. Com investimento de mais de R$ 95 milhões da Veracel Celulose, a BA-658 vai contribuir com o desenvolvimento econômico e social da região Sul da Bahia. A obra já está 72% concluída, e a previsão é de que seja inaugurada ainda no primeiro semestre. “Essa estrutura trará benefícios para toda a nossa comunidade, passando pela mobilidade, pela diminuição do tempo de deslocamento e, claro, trará maior desenvolvimento para nossa região”, avalia o prefeito Carlos Alberto Gama.

SOBRE AS OBRAS – A BA-658 terá 25 quilômetros de extensão e uma ponte sobre o Jequitinhonha, com 360 metros de comprimento e 9,60 metros de largura. A nova estrada será uma alternativa à rodovia federal BR-101 e facilitará o transporte em toda a região, representando um importante ganho de infraestrutura para o Sul da Bahia. De acordo com Alexandre Campbell, gerente de Responsabilidade Social e Comunicação da Veracel, que acompanhou a visita, a BA-658 encurtará distâncias para as operações logísticas da empresa e para as comunidades do entorno. “A obra contribui como um relevante vetor de oportunidades de negócios no território e de geração de empregos”, destacou Campbell.

A estrada promoverá melhorias sociais e econômicas para as comunidades locais, pois trará redução significativa nas distâncias percorridas entre os núcleos urbanos da região, como a interligação da região Norte de Belmonte (Boca do Córrego, Santa Maria Eterna, Tuiuty, Comunidade Indígena Patibury) com a sede do município e seu entorno. Outra melhoria importante será trazida pela integração das comunidades do município de Canavieiras (Canavieiras, Pimenteiras, Ouricana, Portão de Ferro, Venda Nova) com a região sul do Rio Jequitinhonha. Essa interligação reduzirá o trajeto hoje percorrido pela população para o acesso a serviços de saúde, educação, assistência social e outros.

Além disso, a rodovia será integrada ao projeto do novo aeroporto de Porto Seguro, apoiando a formação de um corredor logístico de transporte com a região de Pindorama. Isso vai favorecer o aumento do fluxo turístico regional, devido à redução da distância entre os municípios de Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália, Belmonte e Canavieiras, além de facilitar o tráfego de turistas que saem da região entre Ilhéus e Itacaré, em direção a Santa Cruz Cabrália e Porto Seguro.

A estrada oferecerá ainda uma alternativa de travessia do Rio Jequitinhonha, hoje realizada exclusivamente pela ponte da BR-101. Além disso, reduzirá o tráfego de carretas na mesma rodovia e facilitará o escoamento da produção agropecuária de todas as comunidades ao norte do rio.

Para a Veracel, a nova estrada vai significar uma redução do trajeto de madeira entre suas áreas de colheita do eucalipto, localizadas ao norte do Jequitinhonha, com a fábrica, que fica em Eunápolis. A obra faz parte da busca pela otimização das operações logísticas da empresa. Atualmente, para o transporte entre a fábrica e a área de suas florestas plantadas, a Veracel utiliza as rodovias BA-275, BA-687, BR-101, BA-274 e BA-982. Com a implantação da nova estrada, haverá uma redução de 56 km por viagem para cada carreta que realiza o percurso. Isso trará uma redução de até 25 viagens de carretas de madeira por dia nas estradas da região, diminuindo o risco de acidentes, além de reduzir as emissões de CO2.

BENEFÍCIOS SOCIAIS – Além de promover o desenvolvimento regional, os ganhos trazidos para a área social também são relevantes. Toda a sucata de ferro e aço proveniente da obra tem sido vendida e transformada em cadeira de rodas, que estão sendo doadas para creches, hospitais e postos de saúde das comunidades locais. A ação tem sido realizada pelas empresas EcoPontes e Mais Construtora, contratadas pela Veracel.

FONTE: ASCOM/VERACEL

Deixe uma resposta