Time mal escalado e sem inspiração mais uma derrota

Numa série B de baixíssima nível técnico o Bahia consegue perder para adversários tecnicamente inferior devido a incapacidade de seu técnico. Esse Anderson é muito limitado não tem até hoje uma equipe definida e o pior, um esquema tático, ele é muito ruim um verdadeiro entregador de camisas.

Bahia é dominado e perde para a Ponte Preta em Campinas.

Em jogo válido pela 27ª rodada da Série B, o Bahia perdeu para a Ponte Preta por 2 a 0 na noite desta quarta-feira (31), no Moisés Lucarelli, em Campinas. Sem chances no jogo aéreo, o Tricolor viu a Macaca balançar a rede com dois gols de cabeça de Wallisson e Lucca.

O resultado segura o Tricolor com 47 pontos, na segunda posição. A próxima partida da equipe treinada por Enderson Moreira será no próximo sábado (3), às 19h, contra o Tombense na Arena Fonte Nova.

O JOGO

A partida começou com o Bahia perdendo uma grande oportunidade. Davó conseguiu tomar a bola de Caíque França e ajeitou para Vitor Jacaré, que mandou por cima do gol. Aos três minutos, Fessin fez boa jogada individual, tocou para Lucca, que ajeitou para Léo Naldi que finalizou ao lado.

Na sequência, o jogo ficou pegado, com muitas faltas. Uma delas, aos 24 minutos, foi um carrinho de Lucca em cima de Ignácio. O atacante levou cartão amarelo.

Aos 32 minutos, Davó escapou em velocidade pelo lado direito, invadiu a área e finalizou para defesa em dois tempos do goleiro Caíque França.

Ponte abre o placar

A Ponte saiu na frente aos 44 minutos do primeiro tempo. Após cruzamento de Artur pelo lado esquerdo, Wallisson se antecipou a Luiz Henrique e colocou a bola na rede.

Segundo tempo

Atrás do placar, o Bahia saiu em busca da igualdade. Aos quatro minutos, com bola na área, Gabriel Xavier cabeceou com perigo. Logo na sequência, o Tricolor avançou para o ataque e a bola ficou pra Igor Torres finalizar para boa defesa de Caíque França.

A Ponte ficou próxima do segundo aos sete. Após subida pela direita e cruzamento rasteiro, os atacantes da Ponte não conseguiram a finalização e a defesa tricolor conseguiu afastar a bola.

Lucca faz o segundo 

Aos nove minutos, depois de cruzamento na área e desvio, Lucca ficou livre no segundo poste e cabeceou para o fundo da rede.

O Bahia não conseguia criar e via a Ponte tentando chegar para ampliar. Aos 36, depois de sobra na entrada da área, Amaral mandou uma bomba e a bola passou ao lado. Um minuto depois, boa troca de passes da Macaca e a bola sobrou com Barcia, que finalizou mal.

Segundo tempo

Atrás do placar, o Bahia saiu em busca da igualdade. Aos quatro minutos, com bola na área, Gabriel Xavier cabeceou com perigo. Logo na sequência, o Tricolor avançou para o ataque e a bola ficou pra Igor Torres finalizar para boa defesa de Caíque França.

A Ponte ficou próxima do segundo aos sete. Após subida pela direita e cruzamento rasteiro, os atacantes da Ponte não conseguiram a finalização e a defesa tricolor conseguiu afastar a bola.

Lucca faz o segundo 

Aos nove minutos, depois de cruzamento na área e desvio, Lucca ficou livre no segundo poste e cabeceou para o fundo da rede.

O Bahia não conseguia criar e via a Ponte tentando chegar para ampliar. Aos 36, depois de sobra na entrada da área, Amaral mandou uma bomba e a bola passou ao lado. Um minuto depois, boa troca de passes da Macaca e a bola sobrou com Barcia, que finalizou mal.

Aos 43, Igor Torres recebeu lançamento com liberdade e ajeitou para Davó, que penteou e finalizou para rebatida do goleiro Caíque França. Dois minutos depois, Igor finalizou em cima da defesa.

FICHA TÉCNICA
Ponte Preta 2 x 0 Bahia
Série B – 27ª rodada

Local: Moisés Lucarelli, em Campinas
Data: 31/08/2022 (quarta-feira)
Horário: 21h30
Árbitro: Rafael Traci (SC)
Assistentes: Alex dos Santos e Henrique Neu Ribeiro (ambos de SC)
VAR: Adriano Milczvski (PR)

Cartões amarelos: Léo Naldi, Lucca, Wallisson (Ponte Preta) / Luiz Henrique, Gabriel Xavier (Bahia)

Gols: Wallisson (Ponte Preta)

Ponte Preta: Caíque França; Igor Formiga, Mateus Silva, Fábio Sanches e Artur (Norberto); Leo Naldi, Wallisson (Barcia) e Elvis; Fessin (Nicolas) e Lucca.  Técnico: Hélio dos Anjos.

Bahia: Danilo Fernandes; Marcinho, Ignácio, Gabriel Xavier e Luiz Henrique (André); Patrick (Copete), Rezende, Daniel (Marco Antônio) e Ricardo Goulart (Igor Torres); Vitor Jacaré (Mugni) e Matheus Davó. Técnico: Enderson Moreira.

 

Deixe uma resposta