Amanheça o dia bem informado

Fabrício Queiroz e sua mulher, Márcia de Aguiar, podem voltar à cadeia hoje. Pesquisa Datafolha aponta que Jair Bolsonaro atingiu sua melhor avaliação desde o início do mandato. 26% dos profissionais da saúde da cidade de São Paulo já pegaram Covid-19. Estudo mostra as sequelas provocadas pelo novo coronavírus. A Baía da Guanabara está ainda mais suja.

Caso Queiroz

O ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), revogou a prisão domiciliar de Fabrício Queiroz e da mulher dele, Márcia de Aguiar. Ambos podem ser presos hoje. O ministro determinou que o Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) analise, com urgência, a situação dos dois. Enquanto isso, fica restabelecida a ordem de prisão do casal em regime fechado.

Ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e amigo da família do presidente Jair Bolsonaro, Queiroz e Márcia estavam em prisão domiciliar desde 9 de julho.

Pesquisa Datafolha

O presidente Jair Bolsonaro atingiu sua melhor avaliação desde o início do mandato, segundo pesquisa Datafolha divulgada pelo jornal “Folha de S.Paulo” no final da noite de ontem. A pesquisa indica alta no número de eleitores que consideram o governo ótimo ou bom (aprovação ao governo) e queda entre os que veem o governo como ruim ou péssimo (reprovação). Os percentuais da pesquisa são:

  • Ótimo/bom: 37%
  • Regular: 27%
  • Ruim/péssimo: 34%
  • Não sabe/não respondeu: 1%

Avanço da pandemia

Brasil chega a 105,564 mil mortes, com média de 989 por dia na última semana. Foram mais de 1,3 mil nas últimas 24 horas e um total de 3,2 milhões de infectados. Curvas estão subindo em 5 estados.

Trabalhadores da saúde infectados

Cerca de 26% dos profissionais da saúde municipal da capital paulista já foram diagnosticados com a Covid-19. Dos 90 mil profissionais, 23.679 foram infectados pelo coronavírus desde o início da pandemia até julho, e 45 morreram em decorrência da doença.

Sequelas da Covid

Um estudo italiano publicado na revista científica “Annals of Internal Medicine” mostrou que pessoas que tiveram uma forma grave de coronavírus, sobretudo as com idade mais avançada e que foram hospitalizadas em cuidado intensivo, podem desenvolver problemas neuromusculares, como dificuldade para engolir, enfraquecimento das cordas vocais e fadiga muscular.

Desperdício de plasma

O Tribunal de Contas da União (TCU) e o Ministério Público (MP) apontam desperdício de quase 600 mil litros de plasma no Brasil desde 2017. Órgãos pedem que Ministério da Saúde tome medidas para suprir produção sem desperdiçar produto das doações de sangue. Imunoglobulina, um dos hemoderivados, está em falta no país por falta de estrutura para produção.

Planos de Metas em São Paulo

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), não divulgou ainda de forma ampla para a população os balanços das realizações das propostas de governo contidas no seu Plano de Metas. O site que permitia o acompanhamento das ações dos prefeitos desde gestões anteriores também está fora do ar, poucos meses antes das eleições municipais.

Baía da Guanabara está ainda mais suja

Uma das promessas de legado dos Jogos Olímpicos Rio-2016 era a despoluição da Baía de Guanabara. Mas, passados 4 anos, a situação no geral piorou. Amostras com qualidade péssima ou ruim aumentaram 75%. Rios e canais da região também estão muito sujos.

Kamala Harris

 Mulher negra e filha de imigrantes, Kamala Harris, senadora pela Califórnia, vai compor a chapa democrata que enfrentará Donald Trump em 3 de novembro. Qual é o impacto dessa escolha histórica na disputa, no momento liderada por Joe Biden? 

“Feelings”, maior sucesso brasileiro dos anos 70, tem história de plágio e autor recluso na Itália. Cantor paulista, Morris Albert foi condenado por plágio em um tribunal em Nova York. Ele nega que tenha copiado música francesa. G1 conta as histórias dos maiores hits do Brasil no exterior, como “Chora me liga”“Tchetchê rere”.

Curtas e Rápidas:

Fonte – G1

Deixe uma resposta