Amanheça o dia bem informado

Uma megaexplosão em um Líbano já devastado pela crise econômica e pela pandemia.  Ambientalistas explicam que a nova proposta sobre o desmatamento no país, do ministro do Meio Ambiente, não significa reduzir os estragos, mas, sim, abandoná-los e substituí-los por outra meta. A tormenta Isaías avança nos Estados Unidos. A Covid-19 já matou mais de 96 mil pessoas no Brasil. O estado de SP pode ampliar o horário de funcionamento de bares a restaurantes. No RJ, negros são mais presos. Uma nova taxa básica de juros deve ser anunciada. As lives de hoje. E a primeira partida das finais do Paulista: Corinthians e Palmeiras iniciam o duelo nesta noite.

Tragédia em Beirute

Destruição em Beirute após explosão  — Foto: Reprodução / GloboNews

Destruição em Beirute após explosão — Foto: Reprodução / GloboNews

Uma megaexplosão na região portuária de Beirute, no Líbano, deixou mais de 100 mortos, 4 mil feridos e muitos desaparecidos. A suspeita é que a explosão tenha partido de um armazém que guardava nitrato de amônio, um tipo de fertilizante.

A explosão causou destruição em larga escala e quebrou o vidro de janelas a quilômetros de distância. Alguns barcos que navegavam próximos à costa do Líbano chegaram a ser balançados pela força da explosão. As explosões chegaram a ser ouvidas em Larnaca, no Chipre, a pouco mais de 200 km da costa libanesa.

Médico brasileiro conta como socorreu feridos após explosão em Beirute, no Líbano
Médico brasileiro conta como socorreu feridos após explosão em Beirute, no Líbano

O cirurgião plástico brasileiro Ghassan Said já havia encerrado seu plantão e tinha acabado de almoçar em sua casa, em Beirute, quando sentiu o chão tremer. Em seguida, ouviu a explosão e viu os vidros de sua casa se quebrando. Ao correr para a sacada, viu uma fumaça rosada. Ele desceu de seu apartamento e viu destroços dos prédios ao redor. Voltou então ao trabalho, desta vez em um hospital mais afastado, já na região das montanhas. Com os centros hospitalares da capital todos lotados, os pacientes passaram a ser transportados para locais nas proximidades. Veja o relato dele no vídeo acima.

E mais:

Mergulhado em crise econômica e política, o Líbano viu sua capital ser atingida por uma megaexplosão. Neste episódio, Renata Lo Prete conversa com Guga Chacra, comentarista da TV Globo em Nova York e estudioso da história do Líbano, que fala sobre o momento de crise que colocou metade da população na pobreza e gerou protestos contra o governo – situação agravada pela pandemia da Covid-19. Guga analisa também as consequências da explosão e o que esperar agora das relações do Líbano com outros países de uma região já tão conturbada.

Incêndio florestal na Cote d’Azur

Três aviões dos bombeiros enfrentam coluna de fumaça provocada por incêndio florestal no Sul da França — Foto: Xavier Leoty / AFP Photo

Três aviões dos bombeiros enfrentam coluna de fumaça provocada por incêndio florestal no Sul da França — Foto: Xavier Leoty / AFP Photo

2.700 pessoas foram retiradas da região de Martigues, no sul da França e a menos de 20 km de Marselha, devido a um grande incêndio florestal, que nesta manhã havia dizimado mais de 1.000 hectares e avançado 8 km. Ao menos 1.500 pessoas são turistas, resgatados em barcos nas praias da Cote d’Azur.

Meio ambiente

Ambientalistas e entidades demonstraram preocupação após o Ministério do Meio Ambiente encaminhar um ofício com proposta de substituir a meta de redução das queimadas e desmatamento ilegal em 90% até 2023 pela meta de proteger uma área de 390 mil hectares de floresta amazônica. Os especialistas explicam que a proposta não significa diminuir a meta, mas, sim, o de abandoná-la e substituí-la por outra meta.

Tempestade Isaías

tempestade tropical Isaías avança pela costa leste dos Estados Unidos, com fortes chuvas e deixando centenas de milhares de pessoas sem eletricidade, enquanto as autoridades de Nova York, que registrou a morte de uma pessoa após a queda de uma árvore sobre um carro, tomam precauções contra possíveis inundações e estragos.

Mortos no Brasil

Brasil já tem mais de 96 mil mortos pelo novo coronavírus. O país tem também 2.808.076 de pessoas contaminadas. Nove estados apresentam alta no número de mortos.

Bares e restaurantes em SP

O governo de São Paulo deve definir hoje se bares e restaurantes poderão funcionar no período noturno. Atualmente, o estado permite a reabertura do setor por seis horas diárias. No entanto, há o limite de atendimento aos clientes só até as 17h.

Baixo risco no RJ

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio atualizou para “baixo risco” para coronavírus as seguintes localidades: regiões Metropolitanas I e II, Médio Paraíba, Centro-Sul e Norte.

Reabertura em BH

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), oficializou a reabertura do comércio na capital por decreto. Veja o que pode funcionar e as regras.

Linha de frente no DF

Enfermeiros que atuam nas periferias do DF relatam exaustão. O G1 conversou com alguns deles, que estão isolados da família e passam por desafios na linha de frente.

Polícia prende mais negros no RJ

Oito em cada dez presos em flagrante no RJ são negros, indica pesquisa da Defensoria Pública. Pretos e pardos também são os mais agredidos e têm mais dificuldade de obter liberdade provisória, aponta o estudo. Entenda mais da análise.

Ioga na Lagoa

polícia identificou o homem, conhecido como “Celsão”, que aparece gravando imagens de duas mulheres praticando ioga na Lagoa Rodrigo de Freitas, na Zona Sul do Rio. Ele deve prestar depoimento hoje. Nas imagens, Celsão aparece tentando uma aproximação, oferecendo bebida. Em seguida, faz gestos obscenos enquanto ela faz uma acrobacia de ponta-cabeça.

Juros

Sai nesta quarta-feira a taxa básica de juros da economia brasileira, que atualmente está 2,25% ao ano. A expectativa do mercado financeiro é de corte de 0,25 ponto percentual, para 2% ao ano, um novo piso histórico.

Para ver em casa

Sepultura com Ney Matogrosso, Karol Conká e Teresa Cristina estão entre as lives desta quarta-feira.

Paulistão

Corinthians e Palmeiras iniciam hoje, na Arena Corinthians, a partir das 21h30, a decisão do Campeonato Paulista. A TV Globo transmitirá o clássico. O segundo jogo da final será sábado, às 16h30, no campo do Palmeiras.

Curtas e rápidas:

Fonte – G1

Deixe uma resposta