Amanheça o dia bem informado

Enquanto o coronavírus segue avançando, com 87 mil vítimas e média de mais de mil mortes nos últimos sete dias, cenas de desrespeito às regras de isolamento são vistas em todo o país. O efeito destruidor da pandemia para as pequenas empresas. Série do Fantástico mostra histórias de condenados injustamente. O desembargador Eduardo Siqueira, que humilhou guardas, já foi acusado de agressões e uso de pistola em um tribunal. A liberação de novos saques do FGTS e de mais uma parcela do auxílio emergencial. A volta do tie-dye, a técnica de tingimento de roupas. E ainda: o criador do macaco Severino, um dos maiores fenômenos da quarentena.

Desrespeito às regras de isolamento

O domingo (26) foi de flagrantes em várias cidades do país de cenas de desrespeito às medidas de restrições para evitar a Covid-19, doença do novo coronavírus. No Rio Grande do Norte, uma festa terminou com 63 detidos. E, no Rio de Janeiro, bares, praias e parques tiveram aglomeração.

Avanço da Covid-19

O Brasil passou de 87 mil mortes por Covid-19 e tem 2,4 milhões de casos, segundo balanço do consórcio de veículos de imprensa. A média móvel de óbitos no país nos últimos 7 dias foi de 1.074 vítimas, uma variação de 2% em relação aos dados registrados em 14 dias.

Morte de pequenas empresas

Responsáveis por mais da metade das vagas de emprego formal no Brasil, micro e pequenas empresas fecharam definitiva ou temporariamente por causa da pandemia.

Super-ricos na pandemia

patrimônio dos bilionários brasileiros aumentou US$ 34 bilhões (cerca de R$ 176 bilhões) durante a pandemia de coronavírus, segundo um levantamento da ONG Oxfam divulgado nesta segunda-feira (27). Os dados foram extraídos da lista dos mais ricos da Forbes.

Inocentes condenados injustamente

Nova série do Fantástico mostra a história de pessoas condenadas no Brasil por crimes que não cometeram. A estreia do Projeto Inocência trouxe o drama do comerciário Douglas de Freitas Júnior, preso por tráfico de drogas com uma mochila cheia de entorpecentes – o acessório não era dele.

“Dá uma dor no coração. Porque todo dia você olhar pra uma coisa que você não fez, e pagar por ela, não é um sentimento normal” – Douglas

Projeto Inocência: nova série mostra histórias de condenados injustamente no Brasil
Projeto Inocência: nova série mostra histórias de condenados injustamente no Brasil

A longa ficha disciplinar do desembargador

Fantástico vasculhou dezenas de processos contra o desembargador Eduardo Siqueira, que humilhou dois guardas municipais em Santos, no litoral de São Paulo. Palavras desmedidas e atitudes reprováveis não são novidade na carreira dele. O magistrado é dono de uma ficha disciplinar extensa, e entre os episódios mais graves estão agressões verbais e física e o uso de uma pistola, em pleno tribunal.

Desembargador que humilhou guarda em Santos já foi acusado de agressões verbais e física
Desembargador que humilhou guarda em Santos já foi acusado de agressões verbais e física

Saques do FGTS

A Caixa Econômica Federal libera nesta segunda o crédito dos novos saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para nascidos em maio. Cada trabalhador poderá sacar até R$ 1.045 de contas ativas (do emprego atual) ou inativas (de empregos anteriores).

Auxílio emergencial

A Caixa paga nesta segunda a quarta parcela do auxílio emergencial para 1,9 milhão de beneficiários do Bolsa Família qualificados no programa, cujo número do NIS termina em 6. Veja o calendário completo de pagamentos do auxílio.

Concursos

Ao menos 107 concursos públicos estão com inscrições abertas no país e reúnem 10.563 vagas. Os salários chegam a R$ 21 mil na Prefeitura de Mirassol D’Oeste (MT). Nesta segunda, 13 órgãos abrem inscrições para 553 vagas.

Tie-dye de volta

Manu Gavassi, Preta Gil, Larissa Manoela e Mari Gonzalez são adeptas do tie-dye — Foto: Reprodução/Instagram

Manu Gavassi, Preta Gil, Larissa Manoela e Mari Gonzalez são adeptas do tie-dye — Foto: Reprodução/Instagram

A quarentena revelou um clima de nostalgia que resgatou hábitos e itens do passado. Além disso, revelou o talento manual em quem foi para a cozinha fazer pães, para as salas inovar nas pinturas de paredes ou para os armários no intuito de renovar peças de roupas mais antigas. Assim, o tie-dye voltou com força.

‘Me salva, Zé Gotinha’: o ‘pai’ do macaco Severino

O produtor Marcus Eni, 22, posa com o macaco Severino, personagem que faz sucesso na internet durante a quarentena — Foto: Reprodução/Instagram/Marcus Eni

O produtor Marcus Eni, 22, posa com o macaco Severino, personagem que faz sucesso na internet durante a quarentena — Foto: Reprodução/Instagram/Marcus Eni

Um carismático macaco de pelúcia virou o grande mensageiro dos conflitos existenciais da quarentena. Como muitos brasileiros, Severino luta para lidar com o medo de pegar Covid-19, a deprê, a fome incontrolável do isolamento e o vizinho que insiste em fazer aglomeração.

Fonte – G1

Deixe uma resposta